Category Archives: Panamá

Panamá

Categoria: Europa Panamá

PANAMÁ – ENCRUZILHADA DAS CULTURAS DO MUNDOAlém de abrigar a maior biodiversidade da vida selvagem, mais que qualquer outro país da América Central, o Panamá é dotado de atrações da natureza, como praias, lagos , duas costas matrítimas, selvas, florestas e matas tropicais e todo o tipo de vida animal terrestre e aquática.Cerca de 25% da massa de terra é protegida através de 14 parques nacionais, uma dúzia de reservas florestais e 10 abrigos para a vida animal.
Centenas de ilhas e quilômetros de bancos de coral oferecem soberbas oportunidades de mergulho, natação e prática de esportes. marinhos. O Panamá foi descoberto em 1.501 por Rodrigo de Bastidas, capitão que velejou com Colombo em sua segunda viagem à América. Naquela época, cerca de 60 tribos indígenas viviam no Panamá.
Há três grupos étnicos importantes no Panamá: os Kunas, na Ilha de San Blas, no Caribe, o Emberá, na provincia de Darién e os Guaymies nas provincias de Chiriqui, Bocas del Toro e Veraguas. Há ainda os índios Teribe e Bokota em Bocas del Toro e os Wounaans no Darién. Essas tribos, ao longo dos 450 anos de espanhóis, índios e imigrantes dos quatro continentes, forjaram a variedade e profundidade da história, cultura e tradição panamenhas.
A diversidade étnica do Panamá é demonstrada na diversidade dos produtos tradicionais, na colorida ” Pollera”, o vestuário nacional, e nos ” tembleques” que as mulheres usam no cabelo. Os homens usam camisas de manga comprida, calças compridas e o chapéu ” Montuno”. As festividades do Carnaval ocorrem antes da quaresma. Os festivais em honra ao Santo Patrono abundam nas cidades de todo o país, durante todo o ano.

GeografiaA área total do Panamá é de 18,233 quilômetros quadrados. Uma cadeia de montanhas forma a espinha desse país em forma de “S”, com picos de cerca de 2,400 metros de altura. A topografia varia de montanhas, na costa caribenha a pequenos montes e amplas savanas na direção do Pacífico. As planícies representam quase 85 por cento do território do país. A floresta tropical é a vegetação dominante na Zona do Canal, ao longo da
costa caribenha e na metade oriental do país. Mais de 1.000 ilhas são encontradas dentro da área territorial do Panamá. Cerca de 500 rios cortam o país e mais da metade do Panamá ainda guarda suas florestas. No Canal, o Panamá tem apenas 80 quilômetros de largura.
População

Segundo o censo de janeiro de 1.990, a população é estimada em 2.600.000. Cerca de 49 por cento dos habitantes vivem nas áreas urbanas. A população da Cidade do Panamá, a capital, é avaliada em 825.300 habitantes. Os panamenhos originam-se de muitas etnias e bases nacionais diferentes, sendo 62% mestiços, 14% africanos, 10% espanhóis, 5% mulatos e 5% índios.

Governo

A República do Panamá é um estado soberano e independente. Seu governo é unitário, republicano, democrático e representativo. Compõe-se de três seções governamentais: Executivo, Legislativo e Judiciário. Politicamente, o Panamá divide-se em 9 Províncias e 2 Comarcas ou Territórios Indígenas que, por sua vez, são divididos em 67 Distritos.

Religião

Há total liberdade de crença no Panamá. Embora a maioria dos panamenhos seja católica romana, há inúmeras igrejas, templos e sinagogas com serviços diários.

Idioma

Embora o espanhol seja o idioma oficial do Panamá, o inglês é amplamente falado e entendido nas grandes cidades.

Clima

O país possui um clima tropical agradável, uma temperatura média de 27 ºC, mas chove à noite e é bastante confortável. A umidade apresenta a média de 70%. A estação das chuvas vai de maio a dezembro. Durante a Estação da Seca, os ventos mantêm o ar constantemente fresco. Nas montanhas, a temperatura média é de 10ºC a 15ºC.

Vestuário

Recomenda-se o uso de roupas leves. Para o trabalho, o vestuário é formal, sendo recomendado um terno leve para homens e vestidos ou calças compridas para as mulheres. É necessário o uso de chapéus com abas e óculos escuros para a praia e caminhadas.

Hora

O país do Panamá está localizado, durante todo o ano, na Hora Padrão da Zona Oriental dos Estados Unidos.

Serviços Públicos e Eletricidade

A eletricidade é de 110v – 60hz e 220v. O Panamá possui excelentes serviços de comunicações internacionais via telefone e cabo. Há sistema de ligação telefônica direta para o interior do país e todos os países do mundo. O código telefônico internacional do país é 507.

Moeda e Taxas Locais

Desde 1.904, o dólar americano é moeda legal no Panamá. A unidade monetária panamenha é o Balboas (B /.) ou em dólares ($). Os travelers checks e cartões de crédito são amplamente aceitos. A taxa de embarque internacional, no momento, é de US$20.00, cobrada no aeroporto. As taxas nos hotéis são de 10% e o Imposto Sobre Consumo, cobrado sobre os bens e serviços que não sejam alimentação e medicamentos, é de 5%.

Panamá, Centro Bancário

Cerca de 150 bancos internacionais e suas filiais atuam no Panamá. Aqui estão representados os Estados Unidos, Brasil, Colômbia, Venezuela, Taiwan, Argentina, Coréia do Sul, Japão, Alemanha, Holanda, Suíça, Canadá, China, Espanha, França e outros países. Os horários bancários são, normalmente de segunda-feira a sexta-feira, das 8:00 h às 13:00 h ou 15:00 h. Alguns bancos funcionam aos sábados, até às 18:00 horas.

Compras

O Panamá é porto livre para produtos de todo o mundo, com jóias, pedras preciosas, toalhas de mesa bordadas, artesanato original, relógios, perfumes, máquinas fotográficas, equipamentos eletrônicos e fotográficos, equipamentos domésticos elétricos, cristal e porcelana fina, tudo a preços razoáveis. A maioria das lojas funcionam das 9:00 h
às 20:00 h, de segunda-feira a sábado.; Muitas abrem aos domingos e há liquidações durante o ano todo. Os supermercados são modernos e bem sortidos, muitos abertos 24 horas. Há grandes e modernos shopping centers no Panamá, com grande variedade de lojas especializadas. A cidade do Panamá é o paraíso das compras. Na Via España e na Avenida Central, encontra-se de tudo, da última moda aos computadores mais
complexos e artesanatos a bons preços.. As lojas de artesanato oferecem uma variedade de trabalhos em madeira e em palha, bordados e pinturas, além das famosas Molas feitas à mão pelos índios Kuna.

Transportes

Por terra, a Rodovia Pan-Americana Highway, também chamada de Rodovia Inter-Americana do Panamá, liga a Cidade do Panamá à fronteira da Costa Rica. Nessa altura, a selva de Darién ainda é impenetrável, impedindo o acesso por terra à Colômbia. A Rodovia Trans-Istmo conecta a Cidade do Panamá a Colon.
Mesmo as áreas mais remotas do Panamá podem ser atingidas por estradas secundárias asfaltadas. O serviço de ônibus é bom e cobre todo o país, assim como para outros países da América Central e para o México. Os taxis cobram pela jornada e as grandes companhias de locação de carros estão representadas no Panamá. A idade mínima para dirigir é de 18 anos e as licenças para dirigir para estrangeiros têm 90 dias de validade.

Jogos e Cassinos

Os cassinos e outros jogos de azar são operados pelo governo e encontram-se, atualmente, em processo de privatização. A pista de corridas Presidente José Remon funciona nas quintas-feiras, sábados, domingos e feriados. No Panamá, os ganhos obtidos em jogos de azar não são tributados.

Requisitos para Entrada

Dependendo da cidadania do viajante, é necessário um passaporte válido e um visto, se requisitado pelo país de origem. O cartão turístico de $5.00 pode ser adquirido no balcão da companhia aérea no momento do embarque.

Companhias Aéreas

O Aeroprorto Internacional Tocumen localiza-se a 2 quilômetros do centro da cidade.
As companhias aéreas que servem o Panamá incluem American Airlines, AVIATECA, COPA, Continental Airlines, EVA Air, Delta Airlines, Iberia, LACSA, Mexicana e TACA. Os vôos domésticos partem do Aeroporto de Marcos A. Gelabert (Paitilla), na Cidade do Panamá. As companhias aéreas domésticas são Aeroperlas, Aero Taxi e Napiex.

Museus

Na Cidade do Panamá: Arte Religiosa Colonial; Ciências Naturais; Museu dAntropológico Reina Torres de Arauz; História do Panamá; Arte Contemporânea Afro-Antilhana; Arte Contemporânea e Casa Bancária Nacional do Panamá. Em outras localidades do Panamá: Museu Histórico em Penonome e Museu das Tradições na província de Cocle; Museu de arte Religiosa em Parita e Museu Herrera em Chitre; Museu Belisário Porras em La Tablas, Museu da Nacionalidade em Los Santos e Museu Manuel F. Zarate
em Guarare, na província de Los Santos. Em David, na província de Chiriqui, encontra-se o Museu de História e Cultura José De Olbaldía. A entrada custa de $50.00 a $ 5.00. A maioria dos museus abre de segunda-feira a sexta-feira.

Recursos Naturais

Panamá é uma palavra pré-colombiana que significa abundância de peixes, borboletas e pássaros. A rica biodiversidade do Panamá se deve à sua configuração e posição geográfica única, criando um istmo de convergência das Américas para centenas de espécies da flora e da fauna.

As extensas florestas tropicais do país são o lar de mais de 950 espécies de pássaros – mais do que todas as espécies de pássaros encontradas nos Estados Unidos e no Canadá em conjunto. Seus oceanos abrigam um mundo aquático de recifes de corais intactos e banham praias de areia espetaculares.

PARQUES NACIONAIS E ABRIGOS PARA A VIDA ANIMAL

Parque Nacional Metropolitano

Localizado nos limites da Cidade do Panamá, é a floresta tropical protegida mais próxima da área urbana das Américas. É aqui onde o Instituto Smithsonian realiza pesquisas científicas e ecológicas sobre proteção florestal.
Nas caminhadas pelas trilhas bordeadas de orquídeas e árvores de mogno, são encontradas cerca de 200 espécies diferentes de pássaros, mamíferos e répteis.

Parque Nacional de Soberania

A apenas 25 minutos da Cidade do Panamá, esse parque protege a bacia do Canal do Panamá. Nos limites de Soberania encontra-se o lar da única águia Harpia do mundo e a Rodovia do Oleoduto orgulha-se de deter o recorde da contagem mundial de pássaros, feita pela Sociedade Audubon – e isso durante 19 anos seguidos.

Parque Nacional de Chagres

Este extenso parque é o maior do sistema de parques a proteger a bacia do Canal do Panamá. A apenas 35 minutos da Cidade do Panamá, essa região montanhosa é abençoada com quedas d’água e vistas panorâmicas majestosas, assim como florestas tropicais luxuriantes, onde competem a flora e a fauna tropicais.

Parque Nacional Camino de Cruces

Uma das áreas mais recentemente protegidas do país, atua como corredor biológico entre o Parque Natural Metropolitano e o Parque Nacional de Soberania. Seu nome vem da Era Colonial, como parte importante da “travessia” trans-ístimica, usada há cerca de 400 anos atrás pelos espanhóis, e que ainda se encontra no parque.

Parque Nacional Portobello

Suas ricas florestas tropicais estão a apenas 2 horas da Cidade do Panamá, pelo Istmo. Esse parque é atraente tanto em belezas naturais como culturais. Explore o forte colonial e as trilhas pela floresta ou mergulhe no Mar do Caribe para descobrir tesouros perdidos.

Parque Nacional Altos de Campana

A apenas uma hora a oeste da Cidade do Panamá, pela Rodovia Pan-Americana, situa-se a entrada deste parque. Ali se encontram vistas panorâmicas, temperaturas frias e trilhas acessíveis, repletas de atividades da vida selvagem. O Altos de Campanha, junto com os parques nacionais de Soberania, Chagres, Camino de Cruces e Portobello totalizam
mais de 400.000 acres de florestas tropicais que preservam a bacia do Canal do Panamá.

Parque Internacional La Amistad

Administrado em conjunto pelo Panamá e pela Costa Rica, pelas autoridades responsáveis, esse parque apresenta algumas das florestas tropicais de montanhas mais antigas e menos tocadas da América Central. É o lar de linces e muitas espécies endêmicas de pássaros, mamíferos e anfíbios.

Parque Nacional Vulcão Baru
Como La Amistad, o Vulcão Baru localiza-se nas montanhas do Chiriqui, a uma hora, de avião e mais 30 minutos de carro da Cidade do Panamá. É a maior elevação do país, a 2.400 metros acima do nível do mar. Um dia claro revela uma vista panorâmica tanto do Oceano Pacífico como do Mar do Caribe. O resplandecente pássaro Quetzal, dentre outras raridades, é encontrado nesse local.

Parque Nacional e Marinha da Ilha Bastimentos

Recifes de coral, grandes extensões de mangues, praias de areia branca e águas cristalinas retratam os arredores naturais do primeiro parque marinho do Panamá. Todos os anos, centenas de tartarugas do mar voltam instintivamente para as praias de Bastimentos para pôr seus ovos, garantindo a sobrevivência da espécie. Um paraíso para mergulho e snorkel. A ilha também é o lar de muitas espécies endêmicas de sapos e
preguiças. De avião, fica a apenas 35 minutos da Cidade do Panamá.

Parque Nacional da Ilha Coiba

A segunda maior ilha do Oceano Pacífico Americano após Vancouver, no Canadá. Contudo, os recifes de corais mais extensos e saudáveis do Pacífico dessa região do mundo localizam-se no parque. É dotado de vida marinha abundante, incluindo várias espécies de baleias e peixes coloridos, luxuriantes florestas tropicais, lar de espécies
espetaculares, incluindo as araras vermelhas e verdes.

Parque Nacional Cerro Hova

Localizado na extremidade sul da Península Azuero, contemplando o Oceano Pacífico, é uma das regiões menos exploradas do país. Aqui é fácil nos depararmos com o veado de rabo branco e o periquito Careto. É acessível por estrada a partir do Chiré.

Parque Nacional Sarigua

Região costeira extremamente árida, localizada a leste da Península de Azuero, é resultado de enchentes contínuas de água salgada provenientes do istmo do Panamá, das profundezas do oceano, há centenas de anos atrás.
As descobertas arqueológicas são um dos atrativos de uma viagem pela região. Localiza-se a 45 minutos de Chiré.

Parque Nacional Darién

Reserva Mundial da Biosfera, segundo declaração da UNESCO, protege uma região intocável de florestas tropicais exuberantes de cerca de 1,2 milhões de acres, ao longo da fronteira com a Colômbia, a leste do Panamá. Mais de 300 espécies de pássaros, incluindo a águia Harpia, 4 espécies de araras e muitas outras, endêmicas, fazem desse território um dos melhores postos de observação de pássaros do mundo. Rico em cultura
e história, o Darién é a terra dos povos indígenas Embera, Wounan e Kuna.

Reserva Natural de Punta Patiño

Única área protegida de propriedade particular do país, é administrada pela organização de conservação sem fins lucrativos, a ANCON do Panamá. Foi salva dos machados dos madeireiros há uma década atrás e é agora o refúgio de centenas de espécies da flora e da fauna no complexo de floresta tropical da reserva, ecossistemas de terra e mar.

Abrigo para a Vida Animal da Ilha de Barro Colorado

Localizado no Lago Gatun, no caminho do Canal do Panamá, é um pequeno espaço de terra famoso por ser a floresta tropical mais pesquisada do mundo. Administrado pelo Instituto Smithsonian, é um laboratório natural, onde, todos os dias, ocorrem importantes descobertas científicas. Colônias de formigas, famílias de macacos-aranhas, bandos
de queixadas, pássaros e borboletas são as principais atrações encontradas em suas trilhas.

Instituto de Turismo Panamenho
Información de Contacto
Avenida Balboa y Aquilino De La Guardia
Edificio BICSA Financial Center, Piso 29
Código Postal 0816
Aptdo. Postal 0816-00672
Central Telefónica: (507) 526-7000
http://www.atp.gob.pa
http://www.visitpanama.com

Powered by WordPress | Designed by: seo service | Thanks to seo company, web designers and internet marketing company