Category Archives: Estados Unidos

Cinco dias incríveis de aventuras ao ar livre na costa histórica da Flórida

Categoria: Flórida

Hora de se divertir do lado de fora!
St. Augustine, FL (Março, 2017)– Temperaturas frias e clima cinza não são a preferência de todos durante as férias. Os mais animados procuram por atividades agitadas em contato com a natureza. Que tal navegar por águas azuis, voar em um biplano com cockpit aberto e sobrevoar árvores?

Esta lista das cinco principais aventuras em St. Augustine, Ponte Vedra e Praias vai atender o desejo dos mais entusiasmados para atividades ao ar livre. É hora de se aventurar do lado de fora pela costa histórica da Flórida.

Fundo do mar
Dia 1: com um oceano cheio de peixes e dezenas de rios e riachos, a costa histórica da Flórida oferece algumas das melhores e mais variadas aventuras de pesca do mundo. Na costa de St. Augustine nas águas profundas do Atlântico, as possibilidades são tão ilimitadas que pode ser difícil determinar o que a expedição de pesca vai assumir! No final do inverno os pescadores ávidos deleitam-se na perseguição dos “reis de prata da pesca esportiva” – tarpão. Você também pode fisgar um robalo, pargo, olho de boi, e muito mais. Não é apenas uma excursão de pesca, é um safari de vida selvagem. Ninguém arrasta as redes de pesca melhor do que a Sea Love Charters

Imperdível: antes de sair para o mar, pare para o café da manhã no Hot Shot Bakery & Café para uma variedade de deliciosos produtos assados, frescos e café aromáticos. Localizado no coração do centro da cidade, a padaria também é conhecida por seu Chocolate Dipped Datil Peppers e os premiados molhos e geleias de pimenta Datil, além de paninis fresco e wraps.

De vento em popa
Dia 2: kiteboarding (ou kite surf) pode ser um dos esportes mais emocionantes do planeta! Este esporte de alto voo faz um splash nas praias de St Augustine. Matanzas Inlet tornou-se internacionalmente reconhecida como uma meca do kiteboarding. Este esporte emocionante combina aspectos de surf, wakeboard, parapente, e muito mais. Passeie onde quiser e com apenas o som tranquilo do vento em seus ouvidos. Salte até 9 metros de água sem precisar de uma rampa. Surf mais ondas em um dia do que você nunca imaginou. Um dia, com o Ocean Extreme Sports, você se sentirá invencível, tendo superado os elementos mais poderosos da natureza – a água e o vento.Imperdível: relaxe no Harry’s e ouça música ao vivo ao saborear caranguejos e sabores do sul; Infundido com um toque moderno verdadeiramente tentador e pratos exclusivos. Aprecie o Camarão VooDoo salteado em um molho creole de manteiga, alho e ervas, servido com crostinis, berinjela com camadas da carne do caranguejo coberta com molho de manjericão e parmesão.
Restaurante Harry’ – Nas alturas!
Dia 3: pergunte a qualquer pessoa qual superpoder ela escolheria e há uma boa chance de que a resposta seja habilidade de voar. A aviação significa liberdade e aventura, e a experiência de voo sky-high oferecida por St. Augustine Biplane Rides recria verdadeiramente uma sensação nostálgica. Eles fornecem a rara oportunidade de viajar no tempo para a “Idade de Ouro da Aviação”, onde você pode sentir o vento a partir do cockpit aberto. O biplano WACO com dois assentos lado a lado e é uma verdadeira máquina do tempo e é o único modelo de luxo produzido no mundo, modelo 1935, Biplano Certificado pela FAA. Uma vez de volta à terra firme, faça uma eco aventura nas trilhas para caminhadas e trilhas da GTM Research Reserve, localizada ao longo da costa entre St. Augustine e Ponte Vedra Beach. Explore hectares de pântanos de sal e manguezais.Imperdível: o tour “O lado escuro da lua” no St. Augustine Lighthouse & Maritime Museum é uma obrigação para aqueles fascinados pelo paranormal. Esse passeio fantasmagórico conta a história do primeiro farol da Flórida e as experiências paranormais dos convidados anteriores e da equipe. Os caçadores de fantasmas participantes chegam mesmo a subir os 219 degraus do farol para uma visão noturna da área.Carona deslizante
Dia 4: ultrapasse obstáculos aéreos na The St. Augustine Alligator Farm, e cruze para a emocionante atração Crocodile Crossing. Através de sete hectares em dois campos desafiadores com 25 linhas de tirolesa, você verá jacarés e crocodilos vivos logo abaixo dos dedos dos pés. Mais de 50 obstáculos diferentes entre voar, escalar, e zumbir pelo zoológico! Depois de deslizar, imagine um a emoção de uma queda ao ar livre! Python Challenge é uma aventura de queda livre de 12 metros que utiliza a tecnologia mais recente em desafios de aventura.

Imperdível: em sua marca, prepare-se, vá! Espere … Bom apetite também! Vai viajar para a costa histórica da Flórida em meados de abril? Então venha para o Race to the Taste, uma corrida rock and roll de 5K pela Anastasia State Park e terminando no reconhecido festival gastronômico de St. Augustine, A Taste of St. Augustine. O festival anual servirá os pratos dos melhores restaurantes da área que competirão para os prêmios prestigiosos de TOSta ( Taste of St.Augustine) com as categorias que incluem o melhor étnico, o mais sofisticado e a melhor sobremesa, assim como a escolha popular People’s Choice.

Dia 5: as águas em torno da costa histórica da Flórida têm sido palco de muitos visitantes ao longo dos séculos – índios, conquistadores, piratas e pescadores. Hoje, kayakers do mar estão no topo da lista de visitantes frequentes. Com milhas e quilômetros de água protegida com corrente e fluxo de marés para ajudar em qualquer direção, mesmo os mais exigentes irão achar que este é um dos destinos mais caiaque-friendly nos Estados Unidos. Barreiras ao longo da costa, e vida selvagem são abundantes. Os guias de caiaques Ripple Effect Eco Tours estão em vários locais ao redor da região, que é rica em história geológica, biológica e arqueológica. Frequentemente, durante as explorações de caiaque você vai encontrar golfinhos, peixes-boi, tartarugas marinhas, águias, águias-pescadoras e garças.

Passeio de Caiaque

Imperdível: Odd Birds bar de cocktails artesanais está localizado no coração do bairro histórico. Sua atmosfera eclética e variedade de cervejas, vinho e bebidas espirituosas adicionam ao estilo peculiar de St Augustine. Odd Birds oferece drinks raros e tradicionais de todo o mundo – Cocuy da Venezuela, Mezcal e Ixtabentun do México, Singani da Bolívia e Birch da Islândia e Aquavit da Escandinávia. O menu de cocktails muda a cada mês, a lista de cervejas gira a cada 15 dias, e a lista de vinhos inclui muitas seleções incomuns. Odd Bird’s oferece porções também. Arepas venezuelanas e Black Hummus com chips de banana são algumas das delícias saborosas disponíveis para acompanhar perfeitamente o seu cocktail.

Localizado a meio caminho entre Daytona Beach e Jacksonville, a Costa histórica da Flórida inclui St Augustine, o excelente golfe e elegância à beira-mar de Ponte Vedra e 42 milhas de praias do Atlântico intocada. Para mais informações sobre eventos, atividades, feriados e férias em St. Augustine, Ponte Vedra e as praias, visite o site Visitors and Convention Bureau em www.FloridasHistoricCoast.com, tornar-se um fã no Facebook (Facebook.com/ViajaSanAgustin) Ou Twitter (Twitter.com/ViajaSanAgustin#NuestraHerencia #ViajaSanAgustin #FloridasHistoricCoast

 

 

 

Rota do Country

Categoria: Estados Unidos Rota do Country

Viajando pelo sul dos Estados Unidos
Uma deliciosa sugestão para quem quer viver momentos inesquecíveis, de rara beleza e tranqüilos é optar pelo “velho sul” dos Estados Unidos, cruzando os estados do Tennessee, Louisiana, Mississipi, Alabama e Georgia.
As pontos mais sensacionais são as duas noites em Nashville, a capital da música country, com passeio a Opryland, o maior Parque Temático Musical do mundo; duas noites em Memphis, a capital do blues, com visita a Graceland, a mansão-museu de Elvis Presley; três noites em New Orleans, a capital do jazz e da culinária americana e uma das mais fascinantes cidades do país; uma noite na capital do Estado de Alabama, Montgomery e o grande final com duas noites em Atlanta, sede das últimas Olimpíadas, a grande metrópole do sul dos Estados Unidos.

Esse roteiro precioso é oferecido por várias operadoras e agências, que mantém confortáveis ônibus com guias brasileiros especializados, explicando tudo sobre a história, desenvolvimento econômico, político e artístico de todos os lugares.

A Revista Virtual América Mágica foi lá conferir para você e vai contar alguns flashes da viagem.

De São Paulo a Atlhanta
O vôo VARIG de São Paulo para Atlanta foi muito agradável, com serviço e alimentação de acordo com o padrão cinco estrelas. Bons filmes em cartaz e diversos tipos de música nos fones de ouvido. Após o jantar com duas opções de carne, diversas bebidas e um bom licor, dormimos. Só acordamos quando a luz interna do avião ficou mais forte e vimos que começava a ser servido o café da manhã.
O Aeroporto Internacional de Atlanta é complicado, apesar de bem sinalizado; tomamos um moderno metrô para chegar ao desembarque, o guia já nos esperava e estaria conosco os treze dias de viagem.

 

Chattanooga e Lynchburg
Atlanta surpreende pela grandeza, limpeza e ordem, como tudo nos Estados Unidos, parece que tudo foi limpo e lustrado para nos receber, e ainda tem aquele cheirinho de limpeza por toda parte. Outra coisa que nos tranqüiliza é a segurança, nenhuma preocupação com furtos e assaltos. Realmente você tira férias.

Neste segundo dia, embarcamos em Atlanta, em confortável ônibus, para Chattanooga, atravessando o Estado da Geórgia, até o lendário Tennessee.

Ficamos surpresas com essa linda cidade e em seu deslumbrante Hotel Chattanooga, antiga estação de trem, onde ficamos hospedados. Agora, ficamos conhecendo suas largas avenidas, seus shoppings e outletts, seus bonitos bairros residenciais, que mais parecem cenários de filmes, seu cinema 360 graus, o fantástico Tennessee Aquarium, considerado um dos maiores e mais modernos do mundo e o organizado centro comercial.

Subimos à Lookout Mountain, o mais famoso cartão postal de Chattanooga, em meio a belíssima paisagem, com vista panorâmica de 7 estados norte-americanos.

Seguimos para Lynchburg, uma pequena e pitoresca cidade do Sul dos EUA, berço do famoso whisky Jack Daniel’s. É engraçado que durante a Guerra da Secessão, foi decretada a Lei Seca, proibindo toda bebida alcoólica, regra que a cidade continua a seguir. Assim, você vai encontrar todo tipo de garrafas, objetos, camisetas, toalhas e tudo que se possa imaginar estampado com o emblema de Jack Danel’s. O curioso é que as garrafas contém líquidos não alcoólicos.

Nashville
Após o almoço, seguimos para Nashville, a capital do Tennessee e centro mundial da “Country Music”. A hospedagem foi no suntuoso Hotel Union Stattion, outra vez uma antiga estação de trem, transformada em hotel.
A noite dá uma idéia de brilho e boemia controlada, passeando pelas ruas, por uma infinidade de teatros e casas de espetáculos, onde “monstros” da música country apareceram, fizeram sucesso e se projetaram para o cenário mundial.

Um city-tour bem organizado, nos leva a percorrer lugares históricos e míticos. O guia vai mostrando: “ali foi onde o Elvis gravou seu primeiro disco, à direita o Paternon, uma réplica em tamanho natural do templo grego…”, e assim vai indicando uma longa seqüência de prédios históricos, coloridos e pitorescos. Um dos destaques é o Grand Ole Opry, o mais famoso palco de música country do mundo. Outra atração é o Music Row, visitamos os estúdios onde são gravadas mais da metade das músicas americanas. Por fim, o fantástico Opryland, o maior parque temático musical do mundo, onde assistimos a mais pura “country music” dos Estados Unidos, não só apreciamos, como também dançamos. Notamos que além das danças tradicionais típicas, há também uma evolução acompanhando a moda da discoteca/aeróbica: passos ensaiados e ritmados, aprendidos em escola de dança, sem dúvida.

Ficamos hospedados no hotel Radisson, muito confortável.

Jackson e encantadoras cidades a caminho de Memphis
Atravessando os campos de “blue-grass” do Tennessee fomos apreciando um desfile de pequenas e pacatas cidades, todas arrumadinhas, até chegarmos a Jackson, importante centro agrícola do estado.
À medida que íamos chegando a Memphis, nosso coração bateu mais forte: “ conheceremos a terra de Elvis Presley”!
Sabemos que ela é a segunda maior cidade do estado, que é banhada pelo rio Mississippi, palco de acontecimentos marcantes da história do país. Na verdade, Memphis é considerada o berço do blues nos Estados Unidos.

À noite, percorremos a famosa Beale Street, com seus inúmeros bares, pubs e restaurantes, por onde se ouve o mais puro “blues”, que dá o tom de vibração, que envolve toda a cidade. Durante o dia pudemos apreciar as velhas construções e antigos bares, que relembram histórias sobre o nascimento do blues e seus primeiros intérpretes.
Outros passeios são imperdíveis, como o Museu do Mississippi, um parque-museu que conta a história do mais famoso rio norte-americano através dos tempos. O Museu dos Diretos Civis é o local onde outrora funcionava o hotel onde foi assassinado Martin Luther King Jr.

O ponto alto foi conhecer Graceland, a casa de Elvis Presley, com um tour pela mansão do “Rei do Rock and Roll”. Percorremos os aposentos térreos, a cozinha, a sala de estar, de jantar, de troféus e outros aposentos, a coleção de carros, vimos os bens pessoais que contam a trajetória do maior ídolo dos Estados Unidos.

O salão de estar tem três aparelhos de televisão, um ao lado do outro, achamos engraçados. O guia nos contou que Elvis ouviu falar que o presidente via três canais de televisão ao mesmo tempo, para atualizar-se, ele também fez o mesmo.
Os jardins onde ele e sua família brincavam, agora estão sepultados.

De Jackson a New Orleans

Saímos de manhã, atravessamos a cidade, passamos pelo Boulevard Elvis Presley, demos uma última olhada em Graceland e cruzamos a divisa com o Estado do Mississippi, chamado o “Pai das Águas” por ter suas terras minuciosamente bordadas por inúmeros rios e lagos.
A viagem em ônibus é boa, porque estamos bem acomodados, com temperatura ambiente regulada, músicas típicas da região e o guia vai explicando detalhes históricos e geográficos. Além disso, a paisagem vai se renovando, por exemplo agora, podemos observar a luxuriante vegetação do “Ton Bighee National Foret”, Grenada Lake e a capital Jackson.

Mais um pouco e atravessamos a fronteira com a Louisiana. Passamos por Hammond, pela área dos “Bayous”, pântanos da região. Em seguida, passamos pela “Acadiana”, na região de maior influência francesa dos Estados Unidos. Chegamos no Hotel de la Poste, no coração do “French Quarter”, em New Orleans.

A efervescente e bela New Orleans

Considerada como “Cidade Sonho” dos Estados Unidos, New Orleans supera todas as expectivas. Também chamada a capital do “Mardis Gras” , o divertido carnaval norte-americano, que ocorre em fevereiro. Durante duas semanas, a cidade vive um tempo de festa e de descontração, vale a pena integrar-se nesse clima.

Um passeio pelo rio Mississippi é um prazer especial… O barco é lindo, o bar simpático e pode-se escolher algumas opções internacionais, ou a deliciosa culinária “creole”, com pouca pimenta, ou pimenta à parte. As deliciosas sobremesas não nos deixam lembrar dos regimes.

A viagem dura 3 horas, que passam rápido, pois o clima e a excelente música ao vivo misturada ao bom humor dos músicos alegram todo o percurso. Músicas de todos os tempos, em especial para nós, Tico Tico no Fubá, Aguarela do Brasil, Garota de Ipanema (acordando saudades da querida Helô Pinheiro) e outras, incitaram as brasileiras a dar uma exibição de samba no pé. Fomos aplaudidas!

New Orleans é uma cidade que não nos cansamos de admirar, passear por suas ruas de influências de muitos povos, em especial franceses, já é um mergulho cultural magnífico. Ou simplesmente saborear uma comida “criole” (lembrando sempre de pedir: “no peper, please”), olhando distraídamente pela janela e apreciar as casas com seus balcões de ferro trabalhado, muitas plantas, fachadas de cores emocionantes, pessoas passando, o entregador que faz seu trabalho dançando, as carruagens com seus cavalos enfeitados com flores e aquela comida gostosa satisfazendo todos os sentidos…
New Orleans é muito mais.

Golfo do México
Passando a divisa do Mississippi já estamos no Golfo do México, apreciando imensas praias e charmosas vilas, lindas casas de veraneio de estrelas do cinema, políticos, escritores e outros famosos. Todas apenas cercadas de encantadores jardins. Muros e cercas não existem.
Conhecemos Biloxi, o mais antigo povoado francês da área do golfo e a segunda maior cidade do estado. Haja filme para registrar tudo!

Prosseguindo neste 10º dia, cruzaremos a divisa com o estado de Alabama, coração da “Dixie Music”, lembramos muito a canção: “Ó Suzana, não se esqueça de mim…”
Visitaremos um autêntico parque da 2º Guerra Mundial, que reúne aviões de ataque da época e um submarino, em meio a jardins. Conhecemos por dentro o Encouraçado US Alabama, um dos navios que comandaram a campanha norte-americana no Pacífico.

Como tudo nos Estados Unidos, há uma lojinha de recordações, ou na entrada, ou na saída de qualquer loja, divertimento, mostra, exposição ou museu. Todos são gentis e oferecem sanitários limpos

 

De Montgomery a Macon
O hotel Holiday Inn nos espera com suas excelentes acomodações e piscinas de água aquecida em Montgomery, capital do Alabama. Como em todas as partes do mundo, o Holiday Inn é nossa casa, onde se fica confortável e completamente à vontade.
A cidade reserva muitas surpresas: o Capitólio, Tuskegee National Forest e a pequena Auburn.
Cruzaremos o Chattahoochee River, que marca a divisa com o estado da Geórgia, o “Peach State” – o estado do pêssego.

Depois de conhecer Columbus, percorremos as mais tradicionais regiões do interior do sul norte-americano até Macon, uma das poucas cidades do sul dos Estados Unidos não destruída pela Guerra Civil.

Mansões cuidadosamente preservadas contam as histórias de seus proprietários e da época. É realmente impressionante a quantidade de prédios do gênero, em meio a belos jardins. Essas mansões foram erigidas no grandioso estilo “ante-bellum”, que foi uma das marcas registradas do velho sul dos Estados Unidos, antes da guerra civil.

Atlanta
Outra surpreendente cidade, que sediou as Olimpíadas do Século é Atlanta, a mais importante cidade do sul dos EUA.
Os inúmeros arranha céus de Downtown oferecem um dúplo espetáculo: admirá-los e subir no restaurante panorâmico de torre de um belíssimo hotel, digamos 1000 estrelas.
A Peachtree Street é uma longa avenida que oferece tudo que se possa imaginar de melhor, inclusive uma gama infindável de bons restaurantes internacionais. Muitos brasileiros se encantam com os faróis que ao abrir, ouve-se pássaros cantando. Esses faróis, semelhantes aos que vimos no Japão, avisam aos cegos, que já podem passar. Uma boa idéia para ruas principais de grandes cidades brasileiras.

O memorial Martin Luther King Jr. National Historic Site emociona e atrai caravanas, que visitam e reverenciam esse grande homem. Pode-se ver a casa onde nasceu, a igreja e o túmulo desse famoso pastor, símbolo da luta pelos Direitos Civis nos Estados Unidos.

A cidade possui excelente área comercial e alguns dos mais sofisticados shopping-centers dos Estados Unidos.
Outra atração diferenciada é o Atlanta Ciclorama, que reproduz uma das batalhas mais cruéis da Guerra Civil Americana, que culminou com a destruição da cidade. Trata-se de um cenário semicircular pintado e mesclado com reproduções de peças e manequins vestidos, à medida que estão mais próximos do espectador, dando uma impressão de reealidade. Tudo isso é ampliado com focos de luz e som, que funcionam de acordo com as explicações do palestrante.

O Fox Teather, o Museu da Coca Cola, a rede de televisão CNN são visitas imperdíveis.
Vale lembrar que a Coca Cola foi um medicamento criado por um farmacêutico da cidade. Não agradou muito e ficou estocado. Um dia, ele resolveu diluir o xarope e acrescentar açúcar, achou bom. Essa mistura doce mais aperfeiçoada, conquistou o mundo.

Pronto, já era o 13º dia, é inacreditável… tantos conhecimentos novos, muitas emoções, novos amigos, parecia incrível que já era dia de voltar. Isto é, alguns voltaram ao Brasil, outros fizeram um opcional para Miami e Orlando, com seus fantáticos estúdios e parques, outros foram para New York e Washington, como nós… Mas isso é uma outra história, que contaremos nas próximas edições… aguardem!!!

Philadelphia

Categoria: Estados Unidos Philadelphia

PHILADELPHIA /USA é uma cidade adorável para visitar e viver seu ritmo vibrante

Philadelphia é uma das mais agradáveis cidades dos Estados Unidos para visitar, participar do seu cenário histórico e saborear deliciosas iguarias. Está situada a sudeste do Estado da Pennsylvania, entre os rios Delaware e Schuylkill, distante 160 km. de New York City (1:10hs de trem), 214 km de Washington (1:40hs de trem), 1 hora de carro de Atlantic City.

Ocupa o segundo lugar como a maior cidade da Costa Leste, maior que Boston e Washington e a quinta maior cidade do país. Seus 1,6 milhões na cidade vivem em paz constante, em meio a muitas árvores e parques extremamente limpos e cuidados. A grande Philadelphia soma 5,8 milhões de habitantes.

Uma das mais antigas cidades do país, ela se preocupava com a conservação de seus monumentos e construções históricas (em cada 8 hotéis novos, 6 são prédios antigos inteiramente adaptados.

Philadelphia é também conhecida como o paraíso das compras, pois não são cobradas taxas nas compras de vestuário.

CLIMA
Julho/Agosto: maior incidência de chuva aprox. 30 graus
Janeiro/Fevereiro: temperatura baixa (até-8 graus), com alguma incidência de neve
Abril /Setembro: temperatura moderada, agradável

INFORMAÇÕES
Philadelphia Visitors Center 16th Street and John F. Kennedy Boulevard
Tel.: (215) 636-1666
Horário: das 09:00 às 17:00hs (no verão, atendimento até as 18:00hs.)
Website: www.pcvb.org
E-MAIL: filadelfia.usa@uol.com.br

A HISTÓRIA DA CIDADE
O nome escolhido: Philadelphia, vem do grego e em inglês quer dizer ´´Brotherly Love“, ou seja ´´Amor Fraternal“, já demonstra muito bem o ideal de WP: uma comunidade baseada no amor fraterno, mais do que isso, uma comunidade na qual iria vigorar irrestrita liberdade religiosa.

Homem inteligente e com grande tino comercial, WP chamou o Capitão Thomas Holmes para desenhar a cidade com largas avenidas cortadas por ruas bem mais amplas do que idealizadas pelo Capitão Holmes.

A cidade começou a prosperar rapidamente e a vida de seus habitantes era bastante calma e agradável, de acordo com os padrões do Novo Mundo. A província recebia muito bem trabalhadores braçais e fazendeiros, mas desencorajava e ida de advogados e doutores, pois segundo o próprio WP ´´O lugar é saudável e pacífico e não necessita de médicos e advogados“

Willian Pen, deixou sua marcas em toda a cidade:
1º Hospital fundado na América, o Pennsylvania Hospital (1751).
Fundação da 1a. Universidade Americana (1779).
Na cidade da Philadelphia as ruas foram iluminadas à óleo, foi inventada a bateria e descoberta a eletricidade.
Além de ter criado a primeira biblioteca americana, Benjamim Franklin foi também chefe intelectual e cosmopolita.

PROGRAMA FLY & DRIVE, DE TRÊS DIAS NA PHILADELPHIA E SEUS ARREDORES

PRIMEIRO DIA:
PHILADELPHIA
À TARDE: Chegada de carro, trem da Amtrak de avião, no novo Terminal do Aeroporto Internacional da Philadelphia, onde os processos de liberação dos passageiros são rápidos. Por trem, taxi ou carro dirija-se ao seu hotel no centro da cidade (menos de 10 quilômetros) ou nas redondezas. Aproveite para um relaxante passeio a pé, fácil de se orientar por essa segura cidade, apreciando sua belíssima arquitetura que tanto pode ser colonial, vitoriana ou pós moderna.

JANTAR: Descubra porque o guia ´´Conde Nast Traveller“ indicar a Philadelphia como a região americana melhor servida por bons restaurantes.

SEGUNDO DIA:
PHILADELPHIA PELA MANHÃ: Levante cedo para uma caminhada ao longo do Benjamin Franklin Parkway ou o Kelly Drive, ao longo do Boathouse Row e as margens do Schuylkill River. Após o café da manhã, siga os passos de Ben Franklin através do Independente National Historical Park – o mais histórico dos lugares em toda a Américana no Reading Terminal Market.

À TARDE: Admire a arte americana na Philadelphia Museum of Art ou assista uma exibição interativa no prédio de quatro andares do Franklin Institute´s Omniverse Theater, ou ainda, fora da cidade, visite a coleção impressionista do The Barnes Foundation´s, que chega a arrancar lágrimas dos mais sensíveis, pois concentra obras de grandes mestres e mantém escolas de artes para jovens.

À NOITE: Após outra deliciosa refeição, em alguma das boas opções da Philadelphia, você certamente encontrará o espetáculo de sua preferência: jazz ou blues ao vivo, música para dançar, ou um concerto, uma peça teatral… A noite é uma criança. Divirta-se!

TERCEIRO DIA: OS ARREDORES DA PHILADELPHIA
PELA MANHÃ: É hora de fazer uma escolha. Seguir o exército de George Washington no Valley Forge, Brandywine Battlefield e Washington Crossing ou, continuar no século XX com uma visita aos espetaculares jardins de Longwood Gardens, ou quem sabe ainda, uma visita aos estúdios da QVC, o mais famoso canal de compras americano! Você decide…

À TARDE: Após almoço numa das típicas tavernas da região, pratique aquele seu esporte favorito: ir às compras. Que pode ser no Shopping King of Prussia Mall (o maior centro comercial da costa leste americana), nas pontas de estoque com ótimos preços de Franklin Mills, ou nos antiquários da região. Você não tem desculpas: não são cobradas taxas nas compras de vestuário.

EXCELENTE GASTRONOMIA
“Em nossa refeição, só temos pressa na hora de serví-las…” assim escreveu a revista Esquire, sobre o fato de que a Philadelphia de nossos dias, é o lugar onde mais se inauguram restaurantes em toda a América e, onde se encontram os dois melhores do país. Tanto na cidade como em seus arredores, são encontrados charmosos pubs e autênticas hospedarias campestres, e estão surgindo novos lugares para se degustar um bom vinho, assim como pequenos espaços parta uma cerveja gelada.

Os amantes de uma boa cozinha se deliciam com os aromas e a animação do Reading Terminal, um mercado dentro da cidade, ou muitos outros que se espalham por toda parte. A maioria destes mercados são abastecidos pela riquíssima área fazendeira de Amish, localizada nas redondezas. Uma amostra da mais autêntica cultura americana…

Arte
De repente eles estão em toda parte: novos grupos teatrais, estúdios de artistas, uma espantosa e nova energia. A Avenue of the Arts é um colar cintilante anunciando dança, teatro e música. O Philadelphia Museum of Arts é imperdível, assim como o Museum of American Arts. Os belissímos arredores da cidade também atraem visitas para a maior coleção impressionante do mundo, a The Barnes Foundation, e trabalhos de arte contempôraneos no Wharton Esherick Museum, James A. Michener Art Museum e o Brandywine River Museum, que apresenta os trabalhos dos Wyeths, a família de artistas favorita da América.

Opera, rock and roll, jazz e blues… A cena musical da Philadelphia é rica e diversificada. A Orquestra da Philadelphia é incomparável. Mas, os visitantes podem querer se juntar aos 20,000 aficcionados do rock, em seus estádios cobertos. Ou, apreciar apresentações de jazz e blues todas as noites da semana. As áreas que margeiam o Rio Delaware oferecem exóticos clubes e incríveis lugares para dança, sempre com uma agradável brisa e as luzes se refletindo nas águas do rio. Seus clientes podem ainda se divertir com o Lily Langtry´s, um espetáculo ao estilo de Las Vegas, ou apresentações teatrais que acontecem em toda a região.

A grande vantagem das compras…
Nas ruas Jeweler Row ou Antique Row, no centro, em antiquários fora da cidade, ou ainda em cidades como New Hope os visitantes encontram o verdadeiro sonho americano: compras! Desde as boutiques da moda na cidade aos mais de 200 centros comerciais de ponta de estoque em Franklin Mills ou o centro comercial em King of Prussia ( o maior da costa Leste), ninguém volta para casa de mãos vazias. E seu cliente precisa saber deste importante detalhe: não existem taxas a serem pagas em artigos de vestuário, em toda a Pennsylvania!

Por que George III ficou tão irritado…
Por certo seus visitantes vão querer ver o Liberty Bell, símbolo da liberdade em todo o mundo. E, do outro lado da rua, outro lugar mundialmente famoso, o Independece Hall. Ali a América nasceu, literalmente, com a ajuda de Thomas Jefferson, George Washington e Bem Franklin. Também, não se pode esquecer que ali foi assinada a primeira constituição democrática de todo o mundo.

Foi em Old City que foram dados os primeiros passos no caminho da independência americana da Grã Bretanha, Passos estes que podem ser seguidos nos históricos parques da redondeza como Valley Forge, Brandywine Battlefield e George Washington Crossing. Históricas cavernas e hospedarias oferecem aos visitantes calorosa atendimento, descanso e boa comida, do mesmo modo como recebiam os pioneiros fundadores da América.

Para os amantes do espetáculo “Chelsea Flower,” apresentamos…
De botões de flores de cerejeira e crisântemos a históricos carvalhos,existem mais jardins e espaços para horticultura nesta região do que em qualquer outro lugar dos U.S.A. Todos adoram a paisagem romântica e vitoriana de um jardim em Morris Arboretum, ou seguir os passos de John James Audubon, explorando a vida selvagem do santuário de Mill Grove. Mas, a verdadeira jóia da coroa está no mundialmente conhecido Longwood Gardens, o Versailles americano, com mais de 1000 acres de espetaculares campos floridos e estufas que podem ser visitadas e devidamente apreciadas em todas as épocas do ano (com a temperatura similar ao do norte da Europa).

Avida esportiva dos americanos…
Philadelphia se gaba de possuir times de todo os principas tipos de esportes, como: futebol americano, basquete, hockey sobre o gelo, beisebol e lacrosse de salão. Na harmonia e paz de seus arredores, os visitante podem descansar e esquecer o jet-lag. No Valley Forge National Historical Park pode-se fazer longas caminhadas, ou praticar seu jog-ging, andar a cavalo através do Brandywine Valley, ou descer o rio Delaware, num passeio emocionante. Numerosos campos de golfe, de fácil acesso, desafiam os visitantes.

Para os mais arrojados, no norte, a duas horas de carro, se encontram as Montanhas Pocono, uma opção para aqueles que procuram aventuras ao ar livre como, sky no inverno, raftings nas águas claras durante o verão, ou caminhadas durante todo o ano para apreciar a natureza pujante.

PARA MAIS INFORMAÇÕES, CONTATE OS SEGUINTES ESCRITÓRIOS:

Philadelphia Visitors Center

1601 Market St, Suite 200 Philadelphia, PA 19103
F: 215-636-3300
Fax: 215-636-3327
Website: http://www.discoverphl.com/

HOTEL WINDSOR PHILADELPHIA

1700 BENJAMIN FRANKLIN PARKWAY

F: +1 215-981-5678

THE FRANKLIN INSTITUTE SCIENCE MUSEUM
222 NORTH 20th STREET
PHILADELPHIA, PA 19103-1194
F: (215) 448-1210
www.fi.edu

Palm Beach

Categoria: Estados Unidos Palm Beach

PALM BEACH… OFERECE DE TUDO, O MELHOR !

Bem-vindo a Palm Beach, o maior condado ao sul do rio Mississipi. Seus 38 municípios oferecem o que há de melhor em atrações, hotéis, festivais, natureza selvagem, eventos culturais e esportes. Palm Beach, o coração do
condado, tem uma ótima localização, na Costa Dourada da Flórida. De carro, fica a 1 hora de Fort Lauderdale, 1 hora e meia de Miami (96 km) e 2 horas e meia a sudeste de Orlando.

Palm Beach possuí tudo… diversão, sol, emoção e muito mais. Você poderá escolher um dentre os mais de 200 luxuosos e confortáveis hotéis, com mais de 15.000 quartos e 78.000 funcionários para tornar sua estada inesquecível.
Poderá programar seu jantar em cerca de 2.000 restaurantes internacionais ou, simplesmente, saborear um “burger” a beira-mar, durante o pôr-do-sol.
Poderá bronzear-se e relaxar nos 75 km de magníficas praias, com palmeiras e águas cristalinas, que são uma das maiores atrações. Poderá jogar golfe em 145 campos públicos, ou particulares, ou tênis em qualquer uma das
1.100 quadras à disposição.

Se você aprecia esportes náuticos, encontrará tudo que sonhar, desde mergulhos até surfe, passando por veleiros e pescaria. Em terra, cavalgar por trilhas naturais ou sentir a emoção dos jogos de polo e corridas de cachorros, são outras opções.

Poderá assistir óperas, concertos, ou um dos 50 festivais anuais, ou ainda, deliciar-se com visitas à cerca de 40 galerias de arte e museus, expondo gravuras, belas artes e até história japonesa e vida marinha.
Para quem gosta de comprar, vale uma olhada nesse paraíso das compras, com grandes shoppings, além das famosas Worth Avenue, com lojas de designers e boutiques exclusivas, em Palm Beach ou Delray’s Atlantic Avenue e a Gallery Square North, em Júpiter, entre as mais de 100 ruas somente com lojas.

Palm Beach oferece aos visitantes, um livreto com cupons especiais, chamado de “$ 500 Worth of the Palm Beach Free”, que dá descontos valiosos nas atrações locais, restaurantes, lojas e clubes em toda a área. Esses cupons são válidos de abril até dezembro. Algumas das ofertas incluem, também, descontos em passeios de iates, 20 % de desconto em passeios de canoa e muito mais. O livreto mostra o ompromisso que o condado firmou em valorizar sempre o viajante cuidadoso”, diz o presidente do escritório para visitantes e convenções, Waren “Mac” Mc Laughlin, além de que, Palm Beach sempre esteve cotado entre os melhores destinos pela qualidade dos seus serviços, acomodações e atrações. Agora, também se tornou um lugar premiado, graças a itens como o livreto de cupons e a grande variedade de descontos, incluindo-se quase 50% nas diárias dos hotéis locais durante a baixa estação, de abril a dezembro.

Nas praias, existe divertimento para visitantes de qualquer idade. As pessoas que se dirigirem a Palm Beach, irão se deliciar com as opções disponíveis. As águas quentes da corrente do Golfo estão mais próximas das praias de Palm Beach do que de qualquer outra parte do continente, proporcionando condições ideais durante o ano inteiro e oferecendo alguns dos melhores lugares para se nadar, pescar ou mergulhar.

A pesca, um esporte para toda a família, é uma atividade grandemente difundida. A corrente do Golfo fornece alimento aos golfinhos, atuns e peixes-boi, enquanto que a quantidade de merlins azuis é grande, de dezembro até o final de fevereiro.

As instalações para pescadores, em Palm Beach, estão sempre entre as melhores do mundo e aluguéis de barcos para diversos períodos, estão à disposição de todos.
A pesca em lagos é, também, muito popular, especialmente no rio Loxahatchee, lago Okeechobee, lago Osborne e lago Ida.

Os aficcionados pelo mergulho não ficarão desapontados. O mar lhes mostrará corais com colorações brilhantes, espécies de tartarugas, moréias, inofensivos tubarões e peixes das mais variadas cores e tamanhos. O Artificial Reef Project da Flórida tem trabalhado a arduamente nessa área e poderá indicar diversos pontos de naufrágios, que poderão ser explorados. Existem pelo menos 16 recifes de diferentes tamanhos, entre 12 e 20 m de profundidade, e que atraem uma quantidade imensa de peixes tropicais e lagostas.

Excursões de barco sempre agradam: explorar os Everglades num barco especial, tentar a sorte num navio-cassino, ou passear pela Intracoastal Waterway, durante um jantar num navio típico do Mississipi.

O condado de Palm Beach possui os melhores campos de golfe e quadras de tênis da região, sendo a sede da Associação de Golfistas Profissionais da América, no PGA National Resort and SPA. Aqueles que se interessam pelo tênis, também não ficarão desapontados com a quantidade de quadras à disposição dos visitantes.

O polo é também muito popular, sendo já uma tradição bem antiga. Os visitantes poderão assistir às partidas de sábado à tarde, sendo que a maioria das partidas mais populares são jogadas a partir do final de dezembro até o final de abril.
O ciclismo é uma maneira agradável de visitar lugares. Aluguéis de bicicletas estão disponíveis nos principais centros, e as inúmeras trilhas cortam toda a área, em diversas direções. A preferida é a trilha em frente ao lago, da cidade de Palm Beach, que passa em frente das mansões.

MUITA ARTE, COMIDA GOSTOSA E NOITES INESQUECÍVEIS…

Se atividades culturais forem a escolha, Palm Beach oferece uma gama variada de galerias, música, dança e teatro.

Estimule a mente em um dos museus, onde se pode ver vastas coleções de arte, voltar ao passado na história de Palm Beach, ou apenas alimentar a curiosidade cultural.
Para um divertimento mais leve, existem os festivais anuais, que asseguram entretenimento em qualquer período do ano. Para uma noitada memorável, você poderá assistir a uma ópera, ballet, teatro ou ouvir uma filarmônica.
Oa restaurantes oferecem delícias ao paladar: frutos do mar e comida internacional combinando influências tropicais e étnicas, além de belíssima vista para o mar. Do mais simples ao mais refinado, sempre haverá algo para tentar o seu apetite.

O por-do-sol é o sinal para a abertura dos bares e boates – desde aconchegantes barzinhos de frente para o mar, até os sofisticados e elegantes bares frequentados pelos ricos e famosos – a diversão nunca termina com lugares como “Clematis Street” – um bairro de compras e lazer.
O centro de West Palm Beach. Clematis conta com 30 restaurantes e 50 lojas e galerias de arte, lá toda quinta-feira à noite há apresentações de música ao vivo, exposições de arte e artesanato.

Outra área muito procurada é o centro de Delray Beach e sua rua principal, que apresenta um show chamado “Art & Jazz on the Avenue”, com música ao vivo, comida e arte.
Mizner Park, em Boca Raton, também é um lugar quente. Os visitantes podem dar uma volta pelas calçadas do Plaza Real, com suas fontes, coretos, jardins coloridos e inúmeros restaurantes e bares. Viajantes de todas as idades aproveitam as diversas atrações de Palm Beach.
Entre outras atrações, destacamos o Zoo de Palm Beach, com 90.000 m2, localizado no Dreher Park, com cerca de 500 animais de mais de 100 espécies, desde cobras até a rara pantera da Flórida, bem como a exibição ao ar livre dos macacos de Goeldi.

O Lion Country Safari, situado em West Palm Beach, dá aos visitantes a chance de passear por entre mais de 1.000 animais selvagens. Esta área de reserva da vida selvagem com 2.000.000 m2, oferece também passeios de barco, pedalinhos e um mini-zoo.

No Centro de Vida Marinha, em Juno Beach, são enfatizados os rios e oceanos da Flórida, com tartarugas vivas, aquários e trilhas naturais. Outro aquário, localizado no Museu de Ciência de South Flórida, está entre as atrações mais procuradas e aonde nossos visitantes poderão ver exposições científicas, permanentes e temporárias, para todas as idades.

COMPRAS
Comprar com as mais diversas opções, que vão desde boutiques de renome internacional até mega shopping centers, é uma de nossas atrações: são 4 shoppings principais, distantes 20 minutos um do outro, além de 160 shopping centers que oferecem desde roupas de grifes famosas, até um simples souvenir.

A Worth Avenue, num trecho de quatro quarteirões, entre a South Ocean Boulevard e a Cocoanut Row, é uma das ruas mais conhecidas do mundo, uma mistura do melhor de Manhattan e Berverly Hills num arranjo subtropical.
Tiffany, Tourneau, Ralph Lauren, Armani, Ferragamo e Louis Vuitton são apenas alguns dos nomes famosos, dentre as 200 lojas existentes, além dos magazines, restaurantes e galerias dessa famosa rua.

Do mesmo tamanho, o Gardens Mall, na PGA Blvd, em Palm Beach Gardens possui, também, nomes e grifes famosas, além de pequenas lojas especializadas e restaurantes finos.

No Boynton Beach Mall, com 120.000 m2, encontra-se uma praça de alimentação e 150 lojas variadas. O Palm Beach Mall, em West Palm Beach, vem sendo, há mais de 25 anos, uma atração para os compradores com suas centenas de lojas em 140.000 m2 de área construída.
A Delray Beach’s Atlantic Avenue oferece opções de compra, no estilo tradicional, com suas calçadas de tijolos vermelhos e iluminação no estilo antigo de lampiões de gás. Possui várias boutiques, bistros e cafés com mesas na calçada.

As 5 galerias, da Gallery Square em Tequesta, Gallery Five, Lighthouse Gallery, Tequesta Gallery, Patricia Cloutier Gallery e Tomlyn Gallery, se desenvolveram junto com boutiques, lojas de presentes e requintados restaurantes.
A Greater Royal Poinciana Way é outro nome famoso para compras, em Palm Beach, com ótimas lojas de discos e livrarias, enquanto Mizner Park, na área central de Boca Raton, oferece inúmeras opções de pequenas lojas, restaurantes e cinemas.

Compras requintadas também poderão ser feitas em Palm Beach Gardens, em Oakbrook Square, com suas flores tropicais e fontes enfeitando sua arquitetura em estilo espanhol, ou em Palm Beach, na Plaza del Mar, em frente ao Ritz-Carlton Hotel e em Boca Raton, no Royal Palm Plaza.

Grifes de fábrica, a preços baixos, podem ser encontradas no Palm Beach Outlet Centre, onde mercadorias diretamente das fábricas, são oferecidas entre 30% a 70% abaixo do preço normal de venda.

Para mais informações, visite o site: www.palmbeachfl.com

Orlando

Categoria: Estados Unidos Orlando

Elaine Braga

Com toda a certeza, Orlando é o local mais escolhido como destino de férias e o mais interessante é que é para qualquer idade.

As atrações são variadas, indo desde parques temáticos até suntuosos jantares. E entre todo entretenimento, ainda consegue-se arrumar uns dias para as boas compras e vida noturna.

Após escolher Orlando como destino, verifique a melhor Cia Aérea para levá-lo, sendo interessante fazer a opção de ir até Miami e de lá partir de carro com destino a Orlando. São apenas três agradáveis horas, por estradas excelentes e um visual maravilhoso. Não deixe de conhecer cidades como Fort Lauderdale, Boca Raton e Palm Beach.
Uma boa dica para alugar um carro, é ainda no Brasil fazer as reservas, escolhendo como locadora a Hertz, pois além do conforto de já estar tudo certo ao desembarcar, a Hertz oferece excelentes tarifas e promoções semanais.

Quanto a hospedagem, uma boa solução é alugar uma casa em condomínio com total segurança. As casas contém cozinha completa, eletrodomésticos e lavadora de louças, TV, ar condicionado, lavanderia completa, piscina privativa ou comunitária no condomínio. Dependendo do número de pessoas que irão viajar, você poderá optar por casas de 2 à 5 dormitórios. Clique aqui para ver fotos da casa.
Procure a The Rental Station ou entre em contato através do e-mail viagens@americamagica.com.br.

Orlando é famosa por seus parques temáticos, mas a cidade possui inúmeros atrativos, como grandes centros de compras, museus, teatros, entre outros.

Reserve um dia para visitar a cidade e conheça seus encantamentos. Faça suas compras nos grandes outlets ou nos malls espalhados pela cidade, aonde poderá encontrar uma gama de lojas temáticas, grifes famosas e agradáveis fast foods.

Miami

Categoria: Estados Unidos Miami

Para conhecer o sul da Flórida é necessário ao chegar no Aeroporto Internacional de Miami, alugar um carro, de preferência que possua ar condicionado, pois o clima da Flórida é quente e seco. Uma boa opção é a Hertz Rent a Car, que possui bons veículos a preços acessíveis e planos semanais com descontos.

Miami é uma cidade aonde você irá ouvir vários tipos de idiomas, como português, espanhol, italiano, inglês e em qualquer lugar que for, será entendido.

Existe uma grande variedade de locais para hospedar-se, dependendo da localização escolhida.

Em Miami Beach, uma boa opção é o hotel
The Surfcomber
, que possui uma boa localização, acomodações satisfatórias e um valor de estadia acessível.
Em Miami Downtown, não deixe de conhecer o Bayside Marketplace, que é um shopping localizado em Byscaine Boulevard.
Possui vários restaurantes, cafés e lojas com bons preços, como a GAP, que valem a pena serem visitados. Lá você poderá conhecer o Hard Rock Cafe ou simplesmente sentar-se em uma das mesas que dão vista para o mar, apreciando uma banda de reggae ou assistir a algum show, ao vivo.

Neste local também oferece-se cruzeiros panorâmicos, que podem fazer com que você conheça mais a cidade.

Aproveite para conhecer as maravilhosas praias de Miami, que possuem um mar azul límpido e a vida noturna da cidade em seus bares, restaurantes e cafés que são muito bem montados e interessantes.
Uma ótima opção de estadia nesta região, é The Surfcomber, um hotel espetacular da cadeia Hampton Inn.

Miami possui uma arquitetura muito interessante, destacando-se as em estilo Art’Déco e dando ênfase aos arranhas-céus que marcam o futuro.

Tudo é muito interessante na cidade, mas alguns bairros merecem maior atenção, são eles :

Coconut Grove é um local especial, com vários bares, que vão desde rock até blues, restaurantes e muito agito. É maravilhoso para quem quer realmente divertir-se dançando, bebendo um drink ou jantando em um local diferente e despojado.

Em Miami Beach, encontram-se ótimos clubes e cafés e uma especial arquitetura em Art’Decó, que fazem desta parte da cidade um local agradável e com muita diversão para uma variedade de pessoas.

Coral Gables oferece uma infinidade de opções de shoppings, restaurantes e hotéis, que valem a pena serem conhecidos.

Miami é tudo isto e possui muitas opções em compras e diversão e também para boas férias, descansando em suas praias e à noite aproveitando tudo o que a cidade oferece.

The Surfcomber
1717 Collins Avenue
Miami Beach, FL 33139
F: 1+ (305) 532-7715
Reservas: +1 (800) 994-6103
Fax: 1+ (305) 532-7280


Loews Miami Beach Hotel
1601 Collins Avenue - Miami Beach, Fl, 33139
F: +1 (305) 604-1601
Reservas:+1 (877) 563-9762
www.loewshotels.com

Bureau de Visitantes & Convenções de Miami
701 Brickell Ave., Suíte 2700;

Miami, FL 33131

F: (305) 539-3000

Las Vegas

Categoria: Estados Unidos Las Vegas

Tudo o que Las Vegas pode oferecer

Aeroporto Internacional
McCarran de Las Vegas fica à 1,6 km (1 milha) da avenida principal, a Strip, 5,6 km (3,5 milhas) do Centro de Convenções 8 km (5 milhas) do centro de Las Vegas. McCarran é classificado como o 13º aeroporto mais movimentado dos EUA e o 19º aeroporto mais movimentado do mundo, com base no volume de atividades de passageiros.

Clima
Temperatura média 19ºC (66,3 ºF)
Índice pluviométrico médio anual de 10,64 cm (4,13 pol), umidade diária média de 29%, 211,5 dias ensolarados anualmente, 82,4 dias parcialmente nublados e 7,13 dias nublados.

Transporte
Mais de mil táxis atendem a área metropolitana de Las Vegas e uma dúzia de empresas de limusine atuam em Las Vegas.
Muitas capelas para casamentos e os principais hotéis também oferecem serviço de limusine.
A Citizens Área Transit (CAT) é uma empresa de transporte público que opera por toda a área metropolitana de Las Vegas, inclusive em Laughlin e Mesquite.

Capelas para Casamento
Há aproximadamente 50 capelas para casamentos em Las Vegas. Em 1.999, foram emitidas 115.945 licenças para casamentos em Las Vegas e Laughlin. No final de semana do Dia dos Namorados em 2.000, foram emitidas um total de 2.862 licenças. Há uma taxa de US$35.
O horário comercial do Marriage License Bureau é das 08:00 às 24:00
hs, de segunda a quinta-feira; das 08:00 hs de sexta às 24:00 hs de domingo, e 24 horas em todos os feriados oficiais em Nevada.

A licença pode ser comprada em Laughlin das 08:00 às 17:00 hs, de terça a quinta-feira, das 08:00 às 19:00 hs na sexta-feira e das 10:00 às 16:00 hs aos sábados no gabinete do Oficial do Tribunal de Justiça no Regional Government Center, 101 Civic Way. As licenças também podem ser compradas em Mesquite, NV.

Museus
Boulder City/Hoover Dam Museum, Bruno’s Indian Nuseum, central Nevada Museum, Clark County Heritage Museum, Guinness World of Records Museum, Las Vegas Art Museum, Las Vegas Natural History Museum, Liberace Museum, Lied Discovery Children’s Museum, Lost City Museum of Archaelogy, Nevada State Museum & Historical Society, Marjorie Barrick Museum of Natural History/UNLV, Ron Lee’s World of Clowns.

Fort Lauderdale

Categoria: Estados Unidos Fort Lauderdale

Há pouco mais de uma hora de Miami, você poderá encontrar esta pequena cidade cheia de charme e casas muito interessantes, que espalham-se por todo o balneário. É um local agradável e ideal para descansar .

Uma boa dica para hospedagem é o Holiday Inn Lauderdale By The Sea que conta com uma excelente localização.

Um local que não pode deixar de ser visistado é o Museum of Discovery & Science, aonde você terá a oportunidade de conhecer o cinema em 3D, com tecnologia IMAX que possui uma projeção em tela gigante de filmes muito interessantes. O ticket para adulto custa US$12.50, estudantes
US$11.50 e crianças US$10.50.

Próximo ao museu, você poderá encontrar um shopping a céu aberto, que possui restaurantes, bares e lojas diversas, que valem a pena serem conhecidos. Uma outra opção de shopping center é o Sawgrass Mills, que possui boas lojas e local agradável.

Uma boa opção de lazer ecológico, é o Billie Swamp Safari, aonde irá encontrar índios nativos, passeios de airboat e um tour para conhecer o delicado ecossistema com animais vistos de perto, além de apreciar o artesanato local.

Holiday Inn Lauderdale By The Sea
4116 N Ocean Dr – Fort Lauderdale, Fl 33308

Museum of Discovery & Science – Blockbuster Imax Theater
401 SW Second Street, Fort Lauderdale, FL 33312
F: +1 (954) 467-663

Shopping – Sawgrass Mills
12801 W. Sunrise Blvd
Sunrise, FL 33323
F: +1 (954)846-2300

Billie Swamp Safari
30000 Gator Tail Trl.,
Clewiston, FL 33440
F: +1 (863)983-6101

http://www.billieswamp.com/

Câmara de Comércio de Fort Lauderdale
512 NE 3rd Avenue
Fort Lauderdale, FL 33301
F: +1 (954) 462-6000

http://www.ftlchamber.com/

Bureau de Visitantes & Convenções de Fort Lauderdale
101 NE 3rd Ave #100
Fort Lauderdale, FL 33301
F: +1 (954)765-4466

Califórnia

Categoria: Califórnia Estados Unidos

Califórnia oferece ampla diversidade cultural, natural e étnica

A Califórnia, situada na costa oeste dos Estados Unidos, desperta o interesse dos turistas pela enorme diversidade turística. Suas condições climáticas, com imprevisíveis variações de temperatura, permitem que os visitantes possam, num mesmo dia, esquiar pela manhã e aproveitar a praia no período da tarde.

A população é constituída por indivíduos de cerca de 140 países que falam 90 idiomas diferentes, resultando numa interessante miscigenação de etnias. A oferta turística do Estado está dividia em doze regiões: Los Angeles, Orange County, Anaheim, San Diego, Santa Monica, San Francisco, Wine Country, High Sierras, Deserts, Inland Empire, Central Valley e North Coast.

Com uma privilegiada geografia que engloba desde florestas de mata fechada até desertos áridos, a Califórnia oferece um amplo leque de atrativos para satisfazer os turistas como: levar a família para um inesquecível passeio pelo mundo encantado dos parques temáticos, fazer compras em lojas de grifes internacionais, visitar os estúdios da indústria cinematográfica de Hollywood ou, até mesmo, realizar uma viagem de negócios.

Para quem se interessa pelo período colonial, as sugestões são: a rota das 21 missões que originou o Estado, o rico ciclo do ouro e da produção de laranja. Para completar, os turistas podem conhecer o processo de fabricação das 240 vinícolas, além de degustar os vinhos californianos de fama internacional.

Turismo de aventura, ecoturismo, esportes radicais, náuticos e na neve são algumas das variadas modalidades esportivas que a Califórnia oferece. O programa não fica completo sem uma visita aos centros de lazer e entretenimento, onde é possível, também, saborear a variada gastronomia local. Essa diversidade de ofertas tem transformado a Califórnia em um dos destinos mais visitados do mundo.

Agora ficou mais fácil e divertido viajar para a Califórnia
As operadoras Soft Travel, Flot, Trade Tour, Designer e Agaxtur uniram-se à Travel Industry Association of America (TIA) para viabilizar a promoção e decidiram compartilhar o selo SeeAmerica, que é marca registrada da associação norte-americana, que congrega todas as empresas de grande porte do setor de turismo e viagem norte-americano. Entre os parceiros envolvidos estão mais de 20 Conventions & Visitors Bureaus dos EUA e empresas como Alamo, NCL, Travel Ace, United Airlines, CityPass, Amtrak, Universal Studios, Busch Gardens e The Mills Co.
Procure seu agente de viagem e saiba das facilidades.

 

Boston

Categoria: Boston

O que ver e onde ir em Boston

A TRILHA DA LIBERDADE
Se você realmente deseja ver Boston, calce sapatos confortáveis e dirija-se diretamente para o Boston Common. Esse é o ponto de partida da Trilha da Liberdade de Boston (Freedom Trail), uma caminhada de quatro quilômetros conduzindo a 16 locais históricos, que remontam à era Colonial e Revolucionária. A linha vermelha que conecta cada um desses locais começa no Centro de Informações do Boston Common (próximo à estação de metrô Park Street) e dirige o visitante pelo distrito financeiro e comercial até o Faneuil Hall, passando pelo North End e terminando em Charlestown.
Você poderá obter informações sobre o Freedom Trail no Centro de Informações do Boston Common e no National Park Service, no endereço 15 State Street.

A seguir, resumo dos locais por onde passa a Trilha da Liberdade.

Boston Common
Conhecido como o parque mais antigo do país, o Boston Common foi originalmente utilizado como pasto para vacas, cabras e ovelhas, bem como um campo de treinamento militar.

Palácio do Governo
The State House
O característico domo dourado do Palácio do Governo é tempo um marco de Boston. Construído em 1978, o Palácio do Governo foi projetado por Charles Bullfinch, renomado arquiteto do século 18, que projetou também o Capitólio

em Washington.

Igreja da Park Street

Essa graciosa estrutura encontra-se na esquina da Park Street com a Tremont Street. Em 1831, no Dia da Independência, foi lá que a canção “América” foi entoada pela primeira vez. Durante a guerra de 1812, o local da igreja foi apelidado de “Brimstone Corner” ou esquina do enxofre, uma vez que estocava-se pólvora no porão da igreja.

Cemitério Granary
Muitos dos ilustres cidadãos de Boston estão lá enterrados, incluindo os revolucionários John Hancock e Samuel Adams (signatários da Declaração da Independência), os patriotas Paul Revere e Peter Faneuil, as vítimas do massacre de Boston e os pais de Benjamin Franklin.

King’s Chapel
Construída em 1754, foi a primeira igreja Anglicana de Boston, outrora freqüentada por soldados britânicos e Oficiais da Coroa Britânica. Após a revolução, King’s Chapel tornou-se a Primeira Igreja Unitária dos Estados Unidos.

Estátua de Benjamin Franklin e local da primeira escola pública
Ao seguir a Trilha da Liberdade pela School Street, você notará uma estátua de Benjamin Franklin com um ar meio sério, meio sorridente, defronte à antiga prefeitura (Old City Hall). Nas vizinhanças encontra-se o local da primeira escola pública do país. Boston Latin School (1635), que ainda funciona no bairro de Fenway.

Livraria Old Corner
A livraria Old Corner floresceu como centro literário durante o século 19. O local originalmente abrigava uma editora que publicou os trabalhos de Henry Wadsworth Longfellow, Harriet Beecher Stowe, Nathaniel Hawthorne e Ralph Waldo Emerson.

Old South Meeting House
Apenas a alguns passos de distância da Livraria Old Corner está situada a Old South Meeting House, construída em 1729 para ser a igreja Puritana. As reuniões de cunho político, que eram ali realizadas, conduziram à Revolução e foi de lá que o ultrajado Samuel Adams ordenou o início da “Boston Tea Party”.

Antigo Palácio do Governo
Esse ponto da Trilha da Liberdade é o prédio mais antigo de Boston, construído em 1713. Atualmente um museu histórico, o Antigo Palácio do Governo de Old State House é o lugar onde a Declaração de Independência foi lida pela primeira vez para os cidadãos de Boston. Muitos patriotas já fizeram discursos controversos contra a Inglaterra. A Declaração da Independência é lida da sacada do Antigo Palácio do Governo, todos os anos, no Dia da Independência.

Local do Massacre de Boston
À saída do Antigo Palácio do Governo, observe o círculo de paralelepípedos que marca o local do Massacre de Boston. Esse massacre ajudou a alimentar o espírito de rebelião nas colônias. Cinco homens foram mortos nesse conflito de patriotas com soldados britânicos em 5 de março de 1770, entre eles Crispus Attucks, o primeiro afro-americano a morrer na Revolução.

Faneuil Hall
“Berço da Liberdade”, Faneuil Hall foi o local de muitos e ardentes encontros públicos. Construído em 1742 pelo comerciante Peter Faneuil, tem sido utilizado como forum de debates públicos e mercado por mais de 250 anos.

Casa de Paul Revere
Essa estrutura de madeira de dois andares é o mais antigo prédio particular em Boston (construído por volta de 1680). Paul Revere, o famoso patriota, artesão da prata e comerciante, lá viveu de 1770 a 1800. Seguindo a Trilha da Liberdade até a Igreja Old North, não deixe de ver a estátua eqüestre de Paul Revere conhecida como “Midnigth Ride”, ou Cavalgada da Meia-Noite.

Igreja Old North
Também conhecida como Igreja de Cristo – “Uma pela Terra, Dois pelo Mar”. Na noite de 18 de abril de 1775, Sexton Robert Newman galgou o campanário da Igreja Old North e lá pendurou duas lanternas sinalizando a chegada dos ingleses por mar em rota para Concord e marcando o início da Revolução Americana. A Igreja Old North, que ainda congrega fiéis, data de 1723 e é a mais antiga de Boston.

Cemitério de Copp’s Hill
Os ingleses se aproveitaram desse ponto estratégico quando se preparavam para a Batalha de Bunker Hill. O cemitério data de 1660. Sexton Robert Newman da Igreja Old North está enterrado lá.

U.S.S. Constitution e Museu
Apelidada de “Old Ironsides”, essa fragata pesada enfrentou, invencível, uma sucessão de 44 importantes encontros com a frota inglesa na Guerra de 1812. O navio, lançado ao mar em Boston no ano de 1797, é o mais antigo navio de guerra comissionado e ainda à tona do mundo.

O Museu U.S.S. Constitution, localizada no ancoradouro naval de Charlestown (Charlestown Naval Yard), está repleto de exibições, pinturas, gravuras e informações sobre como “Old Ironsides” foi construído, navegado e preservado.

Monumento de Bunker Hill
O Monumento de Bunker Hill é um obelisco que marca o local da primeira importante batalha da Revolução Americana. O monumento de 67 metros foi construído em honra daqueles que morreram em 17 de junho de 1775. Embora as forças americanas tenham perdido a batalha, os colonos, largamente suplantados em número, lutaram bravamente e só bateram em retirada após o término de sua munição.

North End e Beacon Hill
North End é o bairro italiano de Boston e a mais antiga área residencial da cidade. Dois pontos da Trilha da Liberdade estão localizados em North End. Entre a visita à casa de Paul Revere e à Igreja Old North, pode-se apreciar um fantástico almoço italiano em um dos finos restaurantes do lugar, ou simplesmente parar em um dos cafés ou confeitarias para uma fatia de pizza caseira, um expresso ou um cannoli. Festivais culturais têm lugar todos os fins de semana durante o verão nessa singular e vibrante área da cidade.

Beacon Hill é um encantador labirinto de calçadas de tijolos vermelhos, ruas com calçamento de pedra, “townhouses” e mansões. Essa área foi originalmente ocupada pela elite de Boston e é ainda um dos locais mais cobiçados para se viver em Boston. O visitante é inevitavelmente atraído pelos vitrais das janelas, grades de ferro trabalhado, batentes antigos, floreiras e pelos lampiões a gás que iluminam as ruas. Originalmente a colina Beacon Hill era 18 metros mais alta que hoje.
A diferença de altura deve-se à terra removida para aterrar a área de Back Bay. O visitante pode ver como era o interior das mansões no século 18 se visitar o Museu Nichols House, ou a Harrison Gray Otis House.
Ao pé da colina Beacon Hill está a encantadora Charles Street. Ali pode-se visitar uma área comercial do século 19 lindamente preservada e imbuída de todo o charme da colina Beacon Hill. Lá se encontram numerosas lojas de antigüidades, pubs, restaurantes maravilhosos, bem como uma variedade de lojas de especialidades. Charles Street é um lugar ideal para, vagarosamente, gastar algumas horas com compras numa das áreas mais singulares da cidade.

Veja mais em www.bostonusa.com

Powered by WordPress | Designed by: seo service | Thanks to seo company, web designers and internet marketing company